No Trabalho

As Horas Mais Produtivas e Menos Produtivas do Dia

Escrito por jmoura, em 05 dez 2017

Escrito por jmoura, em 05 dez 2017

Comentário

Em um mundo perfeito (ou pelo menos, um mais eficiente), você poderia ser produtivo sempre que quisesse. É só sentar e começar a digitar/colocar a caneta no papel/inventar o próximo aplicativo ou Spinner de Mão. Infelizmente, a produtividade não é tão fácil como ligar na tomada para os humanos; nós passamos por picos e vales de energia e criatividade. Estes vales são necessários; eles são o seu cérebro falando que você precisa de um intervalo.

Enquanto você não pode (e não deve) eliminar os horários normais e menos produtivos no seu dia, existe uma maneira de reconhecer quando você provavelmente estará no seu melhor, e otimizar isso. Apesar de suas metas de produtividade se beneficiarem de estratégias de gerenciamento de tempo inteligentes, elas também recebem um impulso quando você sabe qual parte do dia é ótima para você trabalhar nas suas tarefas mais desafiantes e criativas.

É Muito Fácil

Humanos possuem um “relógio” interno de 24 horas, é por isso que todos nós normalmente vamos dormir, acordamos e passamos por picos e vales de estado de alerta mais ou menos nos mesmos horários todos os dias. Os horários são diferentes para todo mundo, mas o ciclo é universal. Referimo-nos a este ciclo de 24 horas como um “dia circadiano”, dentro deste dia circadiano de 24 horas, rodamos por períodos de blocos de 90 minutos de foco e produtividade aumentados. Estes blocos de produtividade excelente são conhecidos como “ciclos ultradianos“, e maneira como entramos e saímos deles é chamado de nosso “ritmo ultradiano.” O começo de cada ciclo ultradiano é onde o seu cérebro é mais energético e focado. Por fim, sua energia diminui lentamente. Ao final de cada ciclo ultradiano, você pode continuar trabalhando, mas você simplesmente não será tão efetivo. Seu cérebro precisa de um tempo de descanso.

Então, já que insistir naquele período de descanso significa que você está trabalhando com menos foco e energia otimizadas, pesquisadores de produtividade estão sugerindo uma nova abordagem. Quando você encontra seus momentos de produtividade máxima, seu ritmo ultradiano pessoal, esse é o momento certo para enfrentar projetos que envolvem estratégia criativa, solução de problemas e decisões críticas. Faça as coisas difíceis e desafiadoras nestas fases de pico. Você consegue guardar tarefas mais rotineiras, solução de problemas menos complexas e outros trabalhos menos intensivos para seus vales ultradianos que vão acontecer naturalmente. Pense neles como seu período refratário de foco.

Então, para ser mais produtivo, você precisa saber quando são os seus ciclos ultradianos. E descobrí-los é mais fácil do que você imagina.

Junte Dados sobre Si Mesmo

Apesar de ser mais fácil simplesmente anunciar que você é uma criatura noturna e deveria, portanto, trabalhar mais tarde no dia, ou que você gosta das horas matinais, considere aplicar uma abordagem mais sistemática. Junte alguns dados. Nos mesmos momentos a cada dia, mais ou menos em intervalos de 60 minutos, grave seus níveis de foco, entusiasmo e energia. Para levar em conta mudanças na sua rotina diária, certifique-se de adicionar uma nota sobre qualquer coisa que possa estar afetando seus placares naquele dia.

DICA ESPECIAL: Aqui está um template que você pode usar no Evernote para acompanhar seus ritmos circadianos. Classifique a si mesmo a cada hora usando uma escala de 1-5.

Após alguns dias de coleta de dados, você começará a ver um padrão se desenvolvendo de quando o seu foco, energia e entusiasmo parecem estar maiores e menores. Continue marcando seus dados, e após uma semana ou duas, você terá indicadores consistentes das horas do dia ou da noite em que seus ciclos ultradianos estarão disponíveis para ajudá-lo a impulsionar sua produtividade.

Trabalhe os Seus Dados

Agora que você sabe quando tem maior probabilidade de ter mais energia e foco, cabe a você otimizar estes períodos de tempo em blocos de tempo ininterrupto para trabalhar ou criar. Um exemplo de um dia de trabalho de ciclo ultradiano produtivo é mais ou menos assim:

8h da manhã: Seus dados mostram que você tende a atingir um ciclo ultradiano assim que começa o seu dia de trabalho. Sente no seu computador, foque no seu projeto durante 90 minutos.

9h30: Hora do intervalo! Levante e vá para a cafeteira, dê uma volta ao redor do seu prédio ou leve o cachorro para passear por 20 minutos.

10h00: Revigorado, volte para sua mesa e comece seu segundo impulso de produtividade.

11h30: Quando você atingir o seu limite, é hora de voltar sua atenção para vários trabalhos de menor concentração durante várias horas, como reunião com colegas, responder e-mails e outras tarefas diárias.

15h00: Termine a tarde (ou noite ou madrugada, dependendo de como você trabalha), com um último ciclo de produtividade de 60 minutos.

Preparação para o Pico de Produtividade

Não gaste seu tempo máximo de produtividade estando despreparado. Você quer passar seu tempo de ciclo ultradiano resolvendo problemas difíceis, perseguindo respostas fugitivas e cavando profundamente em busca de suas soluções mais criativas. Faça um trabalho de preparação com antecedência para quando você voltar suas atenções ao projeto, não precisar parar no meio de um sprint de trabalho para recarregar seu laptop, ou se afastar daquela proposta de trabalho depois de apenas 20 minutos para desligar o forno. Agora é a sua hora de estar focado, alerta e em modo de concentração total. O quanto você puder, libere seu ambiente de interrupções externas e distrações desnecessárias.

Interrupções Acontecem

Apesar de sugerirmos blocos de tempo produtivo de 90 a 120 minutos para corresponder ao seu ciclo ultradiano, a verdade é que você talvez só consiga alguns minutos sem interrupção. Descobrir quando você trabalha com a produtividade máxima é só metade da batalha. Influências externas como colegas de trabalho, chefes, ligações e filhos podem interromper com uma frequência assustadora. Nem sempre você vai conseguir realizar tanto quanto gostaria, e não tem nada que você possa fazer para mudar isso.

Tudo que você consegue fazer é descobrir quando os seus ciclos ultradianos acontecem e tentar agendar o seu dia para conseguir atingir aquele ponto ideal no qual as interrupções serão menores, se juntando com o seu maior ciclo de energia. Tem uma tendência de trabalhar entre 10 da manhã e 2 da tarde, mas seus colegas ficam de papo ao redor do meio-dia? Em vez de surfar na internet até 11h45 e depois correr para tentar fazer alguma coisa nos últimos 15 minutos, comece com o pé embaixo às 10.

Ciclos Criativos

Para outras pessoas, não são as interrupções externas que atrapalham tanto o tempo criativo, e sim seus ritmos internos: Nem todo mundo tem seus ciclos ultradianos no centro exato de um típico dia de trabalho. De novo, talvez você precise descobrir formas criativas de aproveitar ao máximo seus ciclos ultradianos. Algumas pessoas são melhores no comecinho da manhã; dormir um pouco mais cedo e levantar antes do sol nascer dá a elas o silêncio e o foco que precisam. Outras pessoas, fazem o seu melhor trabalho quando o escritório esvazia no final do dia.

A Lombeira Depois do Almoço Ataca de Novo

Apesar da hora menos produtiva, geralmente, para trabalhar é quando você atinge mais do que 50 horas de trabalho em uma semana devido ao cansaço cerebral, pesquisas mostram que a lombeira depois do almoço é a principal contribuinte para o que tende a ser a hora menos produtiva do dia: 14h55. Essa é uma boa hora para levantar e se mexer um pouco para conseguir dar o gás final do dia de trabalho.

Você Pode Trabalhar de Maneira Mais Inteligente

Extrair mais quando você está a todo o vapor é uma ótima forma de realizar mais e melhor. Mas lembre-se, o objetivo é ser mais produtivo durante seus momentos de pico e diminuir a velocidade quando você não é tão eficiente. Você não está tentando acelerar a linha de produção do seu trabalho. Você quer descobrir quando trabalha de maneira mais eficiente. Ao descobrir quando você passa pelos momentos de produtividade máxima e depois usar estes momentos de maneira mais eficiente, você também consegue experimentar um tempo de descanso necessário sem a sensação de culpa que você deveria ou poderia estar fazendo mais.

Premium

Evernote Premium

Atualize para obter recursos que o ajudam a viver e a trabalhar de forma mais inteligente.

Seja Premium
Ver mais histórias em 'No Trabalho'